O fazer esta na natureza humana. Os alunos sempre fizeram coisas. Como educadores, no entanto, nem sempre tiramos proveito desta disposição natural. A adoção de uma filosofia “Faça Voce Mesmo” capitaliza a curiosidade inata dos alunos sobre o mundo e como as coisas funcionam, a fim de cultivar, de forma consciente, a criatividade e habilidade de resolver de problemas.
Espaços criadores são o local perfeito para abraçar filosofias existencialistas. Se você acredita que nós temos a liberdade de escolha para dirigir nossa existência então a ideia do “Faça Voce Mesmo” leva os jovens a exercitar esta liberdade de escolha. Fazer é um ato que dá poder. As crianças aprendem que são responsáveis por suas vidas e que têm o poder de mudá-la. Como disse Jean Paul Sartre: “No princípio [o homem] não é nada. Só depois será algo e ele próprio fará o que será.” Usamos o espaço de criação e o movimento “Faça Voce Mesmo” para dar a cada alunos a oportunidade de desenvolver sua capacidade de fazer e moldar seu mundo e, ao mesmo tempo, explorar caminhos para sua realização pessoal.