O ponto de partida para a mudança é o engajamento num processo de profunda reflexão sobre questões, situações e preocupações relevantes. Frequentemente supomos que a solução ideal emerge da dedicação a momentos contemplativos. No entanto, a realidade reside no desenvolvimento e na implementação de um processo formal que identifica uma série de soluções possíveis para um problema específico. As soluções devem ser um produto de colaboração no qual a viabilidade, a necessidade de recursos, a implementação e os componentes técnicos são considerados, discutidos e examinados. Uma estrutura de “design thinking” pode ser introduzida para orientar um processo de mudança baseado na definição do problema e na exploração criativa e crítica de possíveis soluções. A estrutura ajuda indivíduos e escolas a criarem uma disposição para a mudança e a inovação. Trabalhamos com as escolas para estabelecer clareza de propósito e de direção através do engajamento da comunidade no debate sobre a identidade institucional e o DNA organizacional capazes de enfrentar obstáculos e aproveitar oportunidades.